segunda-feira, outubro 10, 2011


TV



Com o começo do tal fall season, séries e mais séries começam a pipocar na nossa telinha, desde velhas conhecidas até novidades fresquinhas. Como tudo é muito, procuro filtrar de acordo com meu gosto nerd. Eis agora um resumão do que ando vendo na televisão das américas:

- How I Met Your Mother – para quem gosta deste formato picotado, onde as histórias vão e vem e se misturam bem, a série segue em frente com sua tradicional competência. E graça. Porque o importante não é sabermos quem é a mãe dos filhos do Ted. O importante mesmo é que possamos continuar rindo dessa busca. E eu sempre consigo...

- Blue Bloods – das séries episódicas que apresentam histórias fechadas (ou quase) a cada semana, “Blue Bloods” é a única que consegue prender a minha atenção. Acho que pelos roteiros de qualidade, pela direção sempre competente e pelas atuações demolidoras de Donnie Wahlberg, Len Cariou e, é claro, Tom Selleck.

- The Big Bang Theory – convenhamos que a série segue descendo a ladeira, temporada após temporada. O que antes era um sitcom nerd de verdade virou agora um sitcom de jovens amigos (e amigas). Nem o Sheldon ajuda mais. E as referências parecem cada vez mais jogadas, só pra cumprir tabela.

- Person Of Interest – confesso que até agora só vi o piloto. E não sei gostei. Parece honesta, mas não muito mais do que isso. Claro que ver o Michael Ermeson atuando é sempre gratificante, mas não sei se a série vai conseguir manter o interesse, com o perdão do trocadilho.

- Terra Nova – Achei o piloto atropelado. Numa tentativa de nos pegar pela ação, tentaram delinear plots demais. Mas senti uma certa fragilidade justamente no tratamento dado aos personagens e nas relações que vão se estabelecendo entre eles. Um policial fugitivo penetra? Beleza, vamos colocá-lo como segurança da vila. Uma filha pequena que não reconhece o pai? Beleza, conta uma piadinha que o elo se estabelece. E vamos colocar uns mistérios como gancho. Podemos jogar sem muito critério mesmo. No episódio seguinte, baseado nos pássaros do Hitchcock, a coisa melhorou um pouquinho, justamente por andar calmamente com o pé no freio...

- Raising Hope – Eu me divirto demais com essa família maluca. Os atores parecem sempre estar muito à vontade em seus papéis, garantindo autenticidade às mais absurdas situações. Tudo isso sem descuidar da emoção, por mais enviesada que ela possa parecer – e aparecer.

- Boardwalk Empire – Os dois primeiros episódios foram muito bons, mantendo o (alto) nível da primeira temporada. É uma série que sabe usar o tempo com maestria, sem correrias ou reviravoltas frágeis. As tramas ganham assim mais fluência e coerência, enquanto os personagens podem apresentar uma profundidade ímpar, com destaque óbvio para Nucky e Margareth, claro.

- Two And A Half Men – Nunca fui um seguidor assíduo da série, mas a curiosidade me fez ver os 3 primeiros episódios, que até tiveram graça. Mas obviamente, o espírito da série foi descaracterizado. Pode ser que se mantenha, até porque existem boas piadas e um elenco consagrado. Mas que resta um ranço de prato requentado, resta...

- True Blood – Sim, eu sei, a temporada já acabou. E foi controversa. Eu, particularmente, não desgostei. Ainda que eu considere algumas subtramas bem fraquinhas (e elas sempre existem), continuo gostando do clima e dos personagens. Mas é óbvio que o nível tem oscilado bem mais do que no início. Talvez já esteja na hora de pensarmos no fim, não é mesmo?

- Dexter – Não vou falar da sexta temporada. Desisti de Dexter na fraca e última quinta. E só consigo pensar que esta série seria ótima se tivesse parado na segunda. Só que séries de TV têm esse probleminha: costumam avançando além da conta, por conta das exigências executivas de pessoinhas que só enxergam índices de audiência, mesmo que para isso precisem descaracterizar as pérolas que têm nas mãos, tornando-as sombras pálidas do que já foram.

- Fringe – Medo! Tenho medo da série se perder nesta temporada, por conta do “mundo sem Peter”. Espero realmente que os roteiristas consigam resolver tudo a contento, honrando as sensacionais temporadas anteriores. E espero mesmo que a série termine, e bem, no meio do ano que vem. E se depender da audiência, as chances são grandes de acabar nessa temporada...

- CQC – um programa nacional, quem diria! Claro que só está na lista por conta das recentes muvucas entre integrantes, famosos e outros tantos encanzinados. E que outros tantos acham que é só armação para gerar burburinho – o que convenhamos seria interessante, já que o programa está correndo atrás cada vez mais devagar. O dilema do humor alfinetante é que, com a audiência crescente, crescem também os anunciantes. E aí é preciso suavizar tudo. E, consequentemente, deixar tudo mais bunda. Foi assim com o Casseta & Planeta. A despeito do mau-gosto de uma piada ou outra do tal Rafinha Bastos, a espontaneidade delas é o que consegue gerar alguma graça naquela bancada. Ou você acha que alguma piadinha do roteiro padrão se salva?

Postado por Nery Nader Jr às 09:48

Follow @MegaZona

 Subscribe in a reader





sexta-feira, outubro 07, 2011


Por Que Insisto Em Atualizar O Meu Blog?



É cada vez mais raro, mas até que eu o atualizo, de quando em quando. Até quando? Não sei. Por quê? Vejamos...

Porque sou brasileiro e não desisto nunca? Acho que não. Até porque essa frase mais parece lema dos Power Rangers. Com exceção do “brasileiro”, claro...

Porque sou um romântico saudosista? Talvez. Mas nem tanto. Entretanto, confesso que ainda me sinto bem na tal blogosfera.

Porque o que eu tenho a dizer não cabe na sociabilidade fast-food das redes sociais? Difícil, já que dificilmente o que eu tenho a dizer é tão comprido assim...

Porque sim? Não é resposta, mesmo com interrogação no fim.

Porque a parceria blogueira presente neste blog gera uma saudável competição e uma dinâmica interessante e assaz agradável? Não mais. Principalmente porque o outro dono desse blog largou mão.

Porque eu me apego a certas coisas e não consigo desvencilhar-me? É, pode ser.

Porque no MegaZona eu me sinto em casa? Melhor não responder... melhor parar de perguntar... até porque, qualquer dia desses, eu vou parar de vez. Sei disso. Mas não ainda. Não sei bem por que.

Postado por Nery Nader Jr às 09:33

Follow @MegaZona

 Subscribe in a reader





terça-feira, outubro 04, 2011


“Tomb Raider” (Simon West)



Existem filmes ruins. Existem filmes horríveis. E existe este “Tomb Raider”, que beira o inclassificável.

Peguei pra ver com meu filho, esperando um sub-sub-Indiana-Jones, com ação descerebrada e divertida. Ledo engano.

A ação pode ser descerebrada, mas não é nada divertida. As caras e bocas de Angelina Jolie beiram o insuportável. As suas próteses mamárias são bizarras e a sua atuação é algo de argh!

O roteiro é a besteira mais besta que eu já vi. Tem lá o seu MacGuffin que pode destruir o mundo, mas não existe motor para tanto. Afinal, Lara Croft estava com parte deste MacGuffin em mãos no meio da historia e poderia ter simplesmente destruído a coisa e o alinhamento dos planetas passaria batido. Mas não, ele seguiu junto com os vilões porque... por que mesmo? Pra rever o pai? Com quem tinha uma ligação que o filme nunca conseguiu estabelecer? Por favor...

Postado por Nery Nader Jr às 15:56

Follow @MegaZona

 Subscribe in a reader




O MegaZona É Um Blog Feito À Quatro Mãos Por Nego Lee & William Wilson E O Melhor Site De 2005 Segundo Fernanda Takai (Pato Fu)!

Nosso Arquivo: Março 2004 · Abril 2004 · Maio 2004 · Junho 2004 · Julho 2004 · Agosto 2004 · Setembro 2004 · Outubro 2004 · Novembro 2004 · Dezembro 2004 · Janeiro 2005 · Fevereiro 2005 · Março 2005 · Abril 2005 · Maio 2005 · Junho 2005 · Julho 2005 · Agosto 2005 · Setembro 2005 · Outubro 2005 · Novembro 2005 · Dezembro 2005 · Janeiro 2006 · Fevereiro 2006 · Março 2006 · Abril 2006 · Maio 2006 · Junho 2006 · Julho 2006 · Agosto 2006 · Setembro 2006 · Outubro 2006 · Novembro 2006 · Dezembro 2006 · Janeiro 2007 · Fevereiro 2007 · Março 2007 · Abril 2007 · Maio 2007 · Junho 2007 · Julho 2007 · Agosto 2007 · Setembro 2007 · Outubro 2007 · Novembro 2007 · Dezembro 2007 · Fevereiro 2008 · Março 2008 · Abril 2008 · Maio 2008 · Junho 2008 · Julho 2008 · Agosto 2008 · Setembro 2008 · Outubro 2008 · Novembro 2008 · Dezembro 2008 · Janeiro 2009 · Fevereiro 2009 · Março 2009 · Abril 2009 · Maio 2009 · Junho 2009 · Julho 2009 · Agosto 2009 · Setembro 2009 · Outubro 2009 · Novembro 2009 · Dezembro 2009 · Janeiro 2010 · Fevereiro 2010 · Março 2010 · Abril 2010 · Maio 2010 · Setembro 2010 · Dezembro 2010 · Abril 2011 · Maio 2011 · Junho 2011 · Julho 2011 · Agosto 2011 · Setembro 2011 · Outubro 2011 · Março 2012 · Junho 2012 · Julho 2012 · Agosto 2012 · Setembro 2012 · Outubro 2012 · Novembro 2012 · Dezembro 2012 · Janeiro 2013 · Fevereiro 2013 · Março 2013 · Abril 2013 · Fevereiro 2014 ·

Nosso Twitter: @MegaZona

Ou Siga-nos Individualmente:

Follow @NeryJr

Follow @negolee

Nossos Blogs Favoritos: Meditabundas · Blog Da Corporação Fantástica · Liga Dos Blogues Cinematográficos + 665 - O Vizinho Da Besta · Ação E Divagação · Além Do Ponto · Anna Maron · Batata Quente · Catarro Verde · Cláudio Bettega Em Cena · Copy & Paste · De Língua · Epílogo · Filmes Do Chico · Fundo Da Banheira · Ilha De Siris · Insanidade Total · Mau Humor · Meninas De 30 · Nêga Do Leite · No Passeio · O Carapuceiro · O Negativo Queimado · Pensar Enlouquece, Pense Nisso · Perolada · Sad Fucking Song · Salón Comedor · Tá, E Daí · Trash · TudoJuntoMesmo · Uma Dama Não Comenta · Vai Trabalhar, Vagabundo