quarta-feira, maio 21, 2008


Parado



Ele ficou ali, parado, olhando para um vazio onde segundos antes ela estivera, falando tudo que ele não esperava.

E o tempo seguiu em frente, enquanto ele seguiu parado.

O dia se fez noite e dia e noite e outono e inverno, enquanto ele seguiu parado.

Os homens morreram, as mulheres também e todas as crianças deixaram de ser para morrer, enquanto ele seguiu parado.

As construções tombaram gastas, as árvores secaram tristes, o mundo morreu para si, enquanto ele seguiu parado.

O sol se apagou num fade, outros tantos sóis o seguiram, até o universo morrer para si, enquanto ele seguiu parado.

E então, de repente, a ficha caiu. E ele seguiu em frente.

Postado por Nery Nader Jr às 18:26

Follow @MegaZona

 Subscribe in a reader





terça-feira, maio 13, 2008


Vincent


Postado por Nery Nader Jr às 17:54

Follow @MegaZona

 Subscribe in a reader





segunda-feira, maio 12, 2008


"Speed Racer" (Irmãos Wachowski)



"Speed Racer" era o meu desenho favorito quando criança. Por isso mesmo, uma adaptação cinematográfica não poderia mesmo chegar aos pés da minha memória afetiva - e só dela, já que o desenho em si não é tuuuudo aquilo, ainda que mantenha seu charme quase intacto por conta sabe-se lá do quê. Mesmo assim, gostei do filme dos irmãos Whatafuck, justamente pelo fato deles não inventarem muita moda (além da pirotecnia visual e dos efeitos descarados), buscando basicamente o forte apelo infanto-juvenil que o anime tinha.

Tudo no filme é exagero e cor e, convenhamos, o desenho era isso também, ainda que com cores mais apagadas. Vi críticas reclamando da inocência do filme como se isso fosse problema. Para mim ele podia ser até mais inocente, já que a parte mais xarope é justamente aquela que mostra os embrólios do vilão ganancioso, com suas modorrentas falsidades e maquinações. Sou mais os pegas nas pistas, ou melhor, fora das pistas, como no rally Casa Christo, posto que o desenho era isto: um punhado de corridas malucas por desertos escaldantes e montanhas nevadas. Aí sim o filme funcionou para mim (muito mais do que na corrida final). No rally todos os bons elementos do desenho brotaram de forma sólida e natural: a participação do misterioso Corredor X, as intervenções do Gorducho e do Zequinha, a luta com os vilões em um "ponto cego" da pista, as sacanagens dos outros corredores e os botões do Match 5 - ok, faltou usar o pombo mecânico do botão "G", mas tudo bem.

Fenomenal também é a longa primeira parte do filme que, através de flashbacks e vai-e-vens espaço-temporais, introduz todos os personagens principais de um jeito interessante e dinâmico (os atores estão muito bem em seus papéis; só a Christina Ricci que eu achei careteira ao extremo) e consegue criar um ótimo momento (talvez o melhor do filme) na corrida de Speed contra o recorde do irmão.

De resto, de bom, vale destacar a bela trilha de Michael Giacchino, emulando a música-tema do desenho de forma bem coerente. De mal, alguns excessos na direção, no tom de puro melodrama de algumas cenas e nas explicações nos mínimos detalhes de outras.

Mas só por conseguir traduzir, em alguns bons momentos, a essência do que "Speed Racer" significou para a minha infância, o filme já valeu o ingresso.

Postado por Nery Nader Jr às 18:34

Follow @MegaZona

 Subscribe in a reader





quinta-feira, maio 08, 2008


"Homem De Ferro" (Jon Favreau)



"Homem De Ferro" é como um bom gibi das antigas. Não é pretensioso como uma Graphic Novel, nem pseudo-revolucionário como essas mini-(ou maxi)-séries que pretendem mudar a vida de um herói (ou de todo um universo), mas acabam sempre na mesma, e nem mesmo tosco e abobado como qualquer coisa da Image. É simples, direto, simpático, divertido e funciona exatamente por manter-se com os dois pés neste mundo quase-lúdico onde habitam estes tais super-heróis, sem nunca querer invadir a realidade e suas leis da física, suas politicagens e seus meandros complexos (pelo menos não se isso significar fugir do bom e velho maniqueísmo básico).

E é justamente esta fidelidade aos ideais de Lee, Kirby e outros tantos que gera o charme deste "Homem De Ferro". Mesmo presente no tempo presente, com tecnologia hi-tech, atualizações na história e o caralho a quatro, o filme tem um quê nostálgico, reverente e, ouso dizer, inocente. Culpa de quem eu não sei. Talvez da própria Marvel, que na sua primeira produção como estúdio colocou o que faz sentido e limou os exageros ou adaptações sem razão de ser. Talvez do Jon Favreau, que de coadjuvante memorável (eu, pelo menos, lembro dele) em "Friends", conseguiu fazer um blockbuster com alma. Talvez de Robert Downey Jr. e companhia, capazes de encontrar a essência de personagens que nunca tiveram lá muita essência. Talvez de tudo isso ao mesmo tempo agora. E talvez ainda da gente, que queria um filme assim, sem tantas muletas de efeitos especiais, mas capaz de contar uma história sem firulas, com bom humor, dedicação, personalidade e simpatia de montão. E tá bão.

E que venham avante os Vingadores, como sugere a cena pós-créditos que eu nem vi.

Postado por Nery Nader Jr às 14:48

Follow @MegaZona

 Subscribe in a reader




O MegaZona É Um Blog Feito À Quatro Mãos Por Nego Lee & William Wilson E O Melhor Site De 2005 Segundo Fernanda Takai (Pato Fu)!

Nosso Arquivo: Março 2004 · Abril 2004 · Maio 2004 · Junho 2004 · Julho 2004 · Agosto 2004 · Setembro 2004 · Outubro 2004 · Novembro 2004 · Dezembro 2004 · Janeiro 2005 · Fevereiro 2005 · Março 2005 · Abril 2005 · Maio 2005 · Junho 2005 · Julho 2005 · Agosto 2005 · Setembro 2005 · Outubro 2005 · Novembro 2005 · Dezembro 2005 · Janeiro 2006 · Fevereiro 2006 · Março 2006 · Abril 2006 · Maio 2006 · Junho 2006 · Julho 2006 · Agosto 2006 · Setembro 2006 · Outubro 2006 · Novembro 2006 · Dezembro 2006 · Janeiro 2007 · Fevereiro 2007 · Março 2007 · Abril 2007 · Maio 2007 · Junho 2007 · Julho 2007 · Agosto 2007 · Setembro 2007 · Outubro 2007 · Novembro 2007 · Dezembro 2007 · Fevereiro 2008 · Março 2008 · Abril 2008 · Maio 2008 · Junho 2008 · Julho 2008 · Agosto 2008 · Setembro 2008 · Outubro 2008 · Novembro 2008 · Dezembro 2008 · Janeiro 2009 · Fevereiro 2009 · Março 2009 · Abril 2009 · Maio 2009 · Junho 2009 · Julho 2009 · Agosto 2009 · Setembro 2009 · Outubro 2009 · Novembro 2009 · Dezembro 2009 · Janeiro 2010 · Fevereiro 2010 · Março 2010 · Abril 2010 · Maio 2010 · Setembro 2010 · Dezembro 2010 · Abril 2011 · Maio 2011 · Junho 2011 · Julho 2011 · Agosto 2011 · Setembro 2011 · Outubro 2011 · Março 2012 · Junho 2012 · Julho 2012 · Agosto 2012 · Setembro 2012 · Outubro 2012 · Novembro 2012 · Dezembro 2012 · Janeiro 2013 · Fevereiro 2013 · Março 2013 · Abril 2013 · Fevereiro 2014 ·

Nosso Twitter: @MegaZona

Ou Siga-nos Individualmente:

Follow @NeryJr

Follow @negolee

Nossos Blogs Favoritos: Meditabundas · Blog Da Corporação Fantástica · Liga Dos Blogues Cinematográficos + 665 - O Vizinho Da Besta · Ação E Divagação · Além Do Ponto · Anna Maron · Batata Quente · Catarro Verde · Cláudio Bettega Em Cena · Copy & Paste · De Língua · Epílogo · Filmes Do Chico · Fundo Da Banheira · Ilha De Siris · Insanidade Total · Mau Humor · Meninas De 30 · Nêga Do Leite · No Passeio · O Carapuceiro · O Negativo Queimado · Pensar Enlouquece, Pense Nisso · Perolada · Sad Fucking Song · Salón Comedor · Tá, E Daí · Trash · TudoJuntoMesmo · Uma Dama Não Comenta · Vai Trabalhar, Vagabundo