sexta-feira, março 31, 2006


Um, Dois, Três... Quatro, Cinco, Cem Mil



Chegamos lá (lá aonde, cara-pálida?). Cem mil visitas. Foi um trabalho árduo. Eu e meu compadre entrando e reentrando no blog repetidas e repetidas vezes ao dia, durantes dias e dias e dias (e meses e anos). Mas conseguimos. Tá, e daí? Daí que além da gente teve mais gente que entrou (e entra) aqui. Simplesmente (imagino) porque gosta do que vê/lê aqui. E concorda. E discorda. E nos dá corda. E por isso continuamos. Por você.

Mas chega de puxação de saco, que a gente sabe também que tem muito alguém que só aparece por aqui procurando "gostosas que dão o rabo para travestis nanicos". Paciência. Pros/as tarados/as de plantão o MegaZona não tem nada de bom. Mas de qualquer forma agradecemos aos/às pervertidos/as por rodar mais um numerozinho no nosso contador.

De resto, desconfie de tudo. Deste número, da nossa emplogação, dos méritos de todos em questão. Afinal, estamos às vésperas do dia primeiro de abril e bem pode ser que o Bravenet Free Counter resolveu pregar uma peça nesse blog tão inocente, coitadinho.

Postado por Nery Nader Jr às 15:32

Follow @MegaZona

 Subscribe in a reader





Mais Três Coisas Que Eu Nunca Lembro O Nome

- Aquele caldo que sai da lixeira, o tal do suco do lixo.
- Aquela bolinha de pêlo do corpo misturado com roupa que acumula no umbigo quando gordo acorda.
- Aquela parte da perna que fica atrás do joelho, sabe?

Mais? Aqui, ó.

Postado por Nego Lee às 00:12

Follow @MegaZona

 Subscribe in a reader





quinta-feira, março 30, 2006


Em tempo: Curitiba, parabéns por ontem! E Paraná, idem!!!

Postado por Nego Lee às 10:02

Follow @MegaZona

 Subscribe in a reader





quarta-feira, março 29, 2006


; )



Post especial em cores, dedicado aos leitores/comentaristas deste bloguinhu.

Postado por Nego Lee às 17:10

Follow @MegaZona

 Subscribe in a reader





Dois Filmes: "Fora De Rumo" (Mikael Håfström) e "Ponto Final - Match Point" (Woody Allen)



Odeio filmes em que planos maléficos mirabolantes necessitam de uma intrincada rede de acontecimentos para darem certo. E mais do que isso: necessitam das atitudes milimetricamente exatas de suas vítimas para obterem o famigerado êxito.

Odeio porque isso é implausível demais. Se a vítima virar à esquerda no lugar da direita, tudo desmorona. Assim, o plano (e o filme) se mostra frágil demais. E irrita. E me faz clamar por mais inteligência nos roteiros cinematográficos.

Graças aos céus pude assistir, depois do canhestro, irritante e implausível "Fora De Rumo", o esplêndido "Ponto Final - Match Point", que com o seu roteiro maravilhoso, elenco esperto (muita gente não gostou da apatia do Jonathan Rhys Meyers, mas eu curti, ainda mais em algumas cenas onde o cara está a cara do Malcolm McDowell dos bons tempos) e direção soberba, me fez até esquecer das razões pelas quais eu invoco tanto com o Woody Allen.

É claro que parece injusto comparar dois filmes diametralmente opostos em suas intenções. Mas o fato é que eu fui ver "Fora De Rumo" já esperando uma bobagem. Acontece que eu queria que o filme fosse uma bobagem capaz de me entreter. Que nada, o filme é ruim de doer, torrando o saco com suas reviravoltas previsíveis e suas "coincidências" exacerbadas. E pensar que o velho Hitchcock manipulava esses mesmos elementos com maestria absurda. Coisa de mestre.

E por falar no balofo genial, Woody Allen bebe na fonte do mesmo mestre no final do seu filme, revelando um timing surpreendente para a criação do suspense ao manipular o tempo com precisão e descompromisso.

Enquanto isso, o sueco de meia-tijela Håfström tenta desesperadamente criar algum suspense e nada.

O que não dá pra entender é como dois astros que, se não são do primeiríssimo time, estão a caminho (Clive Owen e Jennifer Aniston), têm coragem de embarcar nessa roubada, que obviamente já se insinuava como tal no papel. Bola fora.

Por outro lado, bola dentro para a Scarlett Johansson, que se não tem uma atuação brilhante, pelo menos consegue ser muito insinuante e, talvez por conta disso, já tenha garantido participação no próximo filme do nova-iorquino expatriado e agora menos neurótico (pelo menos neste "Match Point").

Pra falar a verdade, depois do que escrevi, percebo que o título deste post está errado. Melhor do que "Dois Filmes" seria dizer "Um Filme Que Vale Por Dois E Outro Que Vale Por Nenhum".

Postado por Nery Nader Jr às 16:44

Follow @MegaZona

 Subscribe in a reader





terça-feira, março 28, 2006


Faça seu próprio filme.

Postado por Nego Lee às 17:02

Follow @MegaZona

 Subscribe in a reader





Diversão É A Solução Sim?



Diz aí qual filme você considera divertido, simplesmente divertido, sem um segundo de tédio e sem também a mínima chance de que o seu cérebro seja requisitado durante a projeção (no fundo suponho que isso, por si só, já definiria os chamados "filmes-pipoca", mas ultimamente o que menos encontramos nestes é diversão).

Postado por Nery Nader Jr às 15:39

Follow @MegaZona

 Subscribe in a reader





segunda-feira, março 27, 2006


A coisa mais assustadora que eu vi nos últimos tempos.

Postado por Nego Lee às 11:11

Follow @MegaZona

 Subscribe in a reader





sexta-feira, março 24, 2006


Textículo De Touro



Muuuuuu, mu mumu mumumuuuuu, muuuuu muuu mumumu. Mu mumuuu muuuuuuuuuu mu muuuuu mumu muuuuu mu muuuuu:

- Muuuuuuuuuu mu muuuu mu muu?

- Mmumu mu mumumu... Mu mumu muuuuu!

- Muuu!

Muuuuu mumuuuuu mu muuuuu. Muuuuu mu muuuuu mumu muuuuu.

Muu.

Postado por Nego Lee às 00:03

Follow @MegaZona

 Subscribe in a reader





quinta-feira, março 23, 2006


Oração Do Dia

"Há tantas coisas na vida mais importantes que o dinheiro. Mas custam tanto!" (Groucho Marx)

Postado por Nego Lee às 18:37

Follow @MegaZona

 Subscribe in a reader





quarta-feira, março 22, 2006


XXXY



Homem é mala. Mulher é sacola. Tudo gentinha do mesmo saco. Pau é gozado. Buceta é metida. Cu é a saída? Guerra dos sexos é coisa de viado, que luta espada na hora de fazer amor. Entendeu? Se sim, entendido. Se não, como eu. Falo, igual fala o Millôr: "eu quero mais é que os namorados se fodam". E tenho dito. Feito?

Postado por Nego Lee às 10:45

Follow @MegaZona

 Subscribe in a reader





terça-feira, março 21, 2006


Questã



Por que é que todo e-mail trazendo alguma coisa bem sem-graça sempre traz também um comentário do tipo: "sensacional", "muito boa" ou "imperdível"?

Postado por Nery Nader Jr às 17:20

Follow @MegaZona

 Subscribe in a reader





Cool é o Cool Hunting.

Postado por Nego Lee às 09:06

Follow @MegaZona

 Subscribe in a reader





segunda-feira, março 20, 2006


Trecho Trash



Veja aqui um trechinho de "The Science Of Sleep"- com direito a "Instinct Blues", do White Stripes, rolando ao fundo. Esta loucura é parte do próximo filme de Michel Gondry - diretor do também maluco (e ótimo) "Brilho Eterno De Uma Mente Sem Lembrança".

Postado por Nery Nader Jr às 09:29

Follow @MegaZona

 Subscribe in a reader





P!*



Hoje tem espetáculo? Tem sim, senhor!!! E é no tambor de leite? É sim, senhor!!! E o palhaço, o que é? O melhor do Brasil!!!

* Pôrra, mas por que P!? Parlapatões, Patifes & Paspalhões, Pia Fraus e Pedreira Paulo Leminski, ué.

Postado por Nego Lee às 09:00

Follow @MegaZona

 Subscribe in a reader





sexta-feira, março 17, 2006


Filmes Do Oscar Que Eu Só Vi Depois Do Oscar



Gosto de filmes arrebatadores. Aqueles que por motivos obscuros fazem a gente mergulhar de cabeça na tela. Aqueles que entorpecem sentidos. E que fundem cucas. E que acabam por encontrar o tal caminho secreto para a porra do nosso coração. Não precisam ser filmes pirotécnicos, poéticos, manipuladores ou densos pra caralho. Precisam chegar aqui, ó. E sabe-se lá como alguns conseguem. Infelizmente, nos últimos tempos, tais filmes vêm se tornando cada vez mais raros. Ou será que somos nós que estamos nos tornando cada vez mais duros? Sei lá. Só sei que, do fraco Oscar 2005, nenhum filme conseguiu me entusiasmar. Confesso que a safra deste ano mostrou um nível muito superior. Nada arrebatadora para a minha pessoa. Mas repleta de grandes filmes, com toda certeza.

"Crash - No Limite" (Paul Haggis) - Não merecia o Oscar de melhor filme. Não merecia nem mesmo o endeusamento de uns e a execração de outros. O filme não é pra tanto. É um trabalho básico e raso, que só não passou batido porque é metido à besta. Enfoca o racismo e acha que isso o credencia a ser "engajadão" e superior às melecas que vemos por aí. Aliás, Haggis precisa nos lembrar a cada cinco minutos de que o filme é sobre o racismo e a intolerância, com um esquematismo irritante em vários diálogos e passagens. Tem lá seus momentos decentes. Mas tem tantos outros sofríveis que o que é bom se perde. Alguns dizem que ele imita "Magnólia". Na real, assim como o bom filme do Paul Thomas Anderson, este "Crash" bebe mesmo é da fonte do Altman. Pena que o que "Shot Cuts - Cenas Da Vida" tem de ótimo, este tem de sofrível. "Short Cuts" expõe emoções verdadeiras, personagens plausíveis e identificação natural. "Crash" busca a identificação pelo exagero das cenas dramáticas, às vezes anti-naturais, às vezes apelativas ao extremo. E a direção, então? Aquela câmera trêmula parece querer mostrar nervosismo mesmo em cenas de transição. Sem falar na trilha que por vezes entra enviesada, melando e chateando os ouvidos. Um filme nhé que ser quer fundamental. Pena que, na noite em que Robert Altman foi homenageado, a vitória de "Crash" fechou a noite como a mais amarga ironia que a tal Academia já foi capaz de perpetrar.

"Munique" (Steven Spielberg) - E tem gente que chama o Spielberg de didático e esquemático. Pelo menos ele sabe fazer, e muito bem, cinema. Um único diálogo do seu filme retrata melhor a intolerância humana do que o "Crash" inteiro do Haggins. Sem falar que Spielberg sabe conduzir muito bem uma história (mesmo polêmica como essa), nos entregando uma direção sóbria, uma fotografia belíssima e uma montagem envolvente. Curioso é ver o quanto reclamaram porque o Spielberg não tomou partido com o seu filme, como se houvesse partido a se tomar num vespeiro como aquele. Em "Munique" ele só expõe a estupidez do "olho por olho". Acho do caralho a transição do Avner/Bana-cheio-de-si para o Avner/Bana-cheio-de-dúvidas. Entretanto, se eu fosse dar um Oscar pro Spielberg em 2006, ainda seria por "Guerra Dos Mundos".

"Capote" (Bennett Miller) - Um filme econômico. Retrato de um (o grande?) momento na vida do escritor Truman Capote, mostrando como foi parido o seu livro "À Sangue Frio". A vaidade, o egoísmo e a capacidade de manipulação do protagonista ganham contornos sutis na correta caracterização de Philip Seymour Hoffman. A direção é comedida, competente e só. No fundo, o filme, ainda que curto, se revela meio chatinho.

"O Segredo De Brokeback Mountain" (Ang Lee) - Um Oscar de melhor direção mais do merecido. Ang Lee faz a história do filme a partir da sua direção (não deveriam ser todos os filmes assim?). É o seu tempo que conta a história, e não o tempo do relógio lá fora. O corte seco pula anos e não nos conta quantos. Os longos planos mostram a desolação de uma cidade no cu (ops!) do Wyoming e duram exatamente o tempo suficiente para que fiquemos desolados também. A distância entre os protagonistas no início do filme, e também a distância da câmera até eles, tudo nos isola neste universo desesperançoso. Nada é artificial, forçado, meloso (ainda bem). Tudo passa longe dos clichês, se aproximando dos dramas reais dos personagens, e também das situações banais que entediam os tais e também a nós. Sem falar que a trilha é muito bonita (ainda que já tenha se tornado manjada por culpa das trocentas paródias que pipocaram na net) e a fotografia também é, com a exceção de alguns momentos, já que é impossível achar bonito dois homens se beijando (eca!). Ainda não sei se é o melhor filme dos três que eu elogio neste post, mas com certeza é o que deveria ter ganho o Oscar. Até pela lógica. Até pra não ficar tão feio pra tal Academia (que quando a gente fala assim parece que é uma entidade com vontade própria, um ser meio esquisitóide, fascistóide e americanófilo ao extremo).

"Boa Noite E Boa Sorte" (George Clooney) - Adorei este filme. Tudo funciona bem demais: elenco, trilha, direção, fotografia, roteiro e o tal do etc. O filme se passa quase inteiro dentro dos estúdios da CBS, repletos de TVs e gentes. Mas não cansa. Não cansa porque o roteiro, dinâmico e inteligente, garante ritmo e tensão quase ininterruptos. Não cansa porque a direção consegue explorar magistralmente os espaços, alternando primeiros planos com tomadas gerais, sempre em ângulos espertos e por vezes inusitados. E tudo de forma elegante, sem maneirismos de diretor pedante. Não cansa porque é sempre empolgante ver um ator como David Strathairn expirando integridade, inteligência e muita fumaça de cigarro. E tudo isso na companhia dos competentes Frank Langella, Robert Downey Jr., Jeff Daniels, Patricia Clarkson e George Clooney. Não cansa porque tem ainda uma fotografia maravilhosa em PB, que evoca todo um passado que nenhum de nós viveu, mas que é facilmente reconhecível. Não cansa, finalmente, porque aborda um tema sério, caro aos americanos e a qualquer um que se preocupe com a tal de liberdade. E que por isso mesmo se revela um filme absurdamente atual, como tambén o são "O Segredo De Brokeback Mountain" e "Munique", ainda que todos eles se passem em tempos idos.

Postado por Nery Nader Jr às 11:04

Follow @MegaZona

 Subscribe in a reader





Amanhã



Ontem no Blue Bus: "A revista FastCompany aqui listou 6 profissoes que acha que nao existirao mais em 10 anos. Incluiu os blogueiros e os publicitários de criaçao - junto com os mecânicos de automoveis. (...)".

Fodeu!!!

Postado por Nego Lee às 10:53

Follow @MegaZona

 Subscribe in a reader





quinta-feira, março 16, 2006


Sono.

Postado por Nego Lee às 13:58

Follow @MegaZona

 Subscribe in a reader





quarta-feira, março 15, 2006


Se você achou chato aqueles pingüins marchando, talvez prefira eles cantando.

Postado por Nery Nader Jr às 15:20

Follow @MegaZona

 Subscribe in a reader





"WE3: Instinto De Sobrevivência" (Grant Morrison E Frank Quitely)



Há tempos eu não resenhava um gibi. Mas também, há tempos eu não lia um gibi digno de resenha. Minto, é claro, porque não há tantos tempos assim que eu li e me deliciei com "Identidade Secreta", de Busiek e Immonen, mas tudo bem.

O fato é que WE3 é uma HQ que merece ser resenhada, indicada, devorada e tudo de novo e outra vez e sempre. E desta vez é fato: há tempos uma HQ não se revelava tão fundamental.

E olha que a história não é tão revolucionária ou profunda assim. Ela só é boa demais. Bem pensada, bem escrita e, puxa, muito bem desenhada.

Grant Morrison volta à sua melhor forma, abandonando os roteiros por demais mirabolantes e confusos para se ater à simplicidade e à humanidade (ainda que animal). É claro que a premissa - transformar animais domésticos em armamento de guerra - é bem pirada. Mas quando lemos nos jornais que os amerdicanos já estão testando o uso de tubarões como espiões, a trama do Grant já nem parece tão doida.

O problema é que, para uma história assim, centrada em três animais que falam (pouco, mas falam) e pensam (como animais, mas pensam), não descambar para a paródia, o cartunesco ou o humor involuntário, seria necessário um artista genial; coisa que esse tal Frank Quitely é, da primeira à última página. Seus desenhos conferem veracidade, ritmo, alma e muito prazer de se ler as viagens do Morrison. A história, sob um inusitado ponto de vista animal, apresenta seres humanos quase sem pé nem cabeça, e isso no sentido literal da coisa. Vale dizer ainda que a seqüência da fuga, mostrada através das câmeras de segurança, finalmente me deu uma razão recente para continuar comprando e apostando na tal arte seqüencial.

Como vantagem extra, a mini-série foi lançada no Brasil completa e encadernadinha. Assim você não precisa esperar um mês inteiro pra ler a continuação ou o desfecho deste que é um gibi antológico desde já e pronto.

Postado por Nery Nader Jr às 09:52

Follow @MegaZona

 Subscribe in a reader





Cantadas Que Não Deram Certo...



"Oi, gata. Minha mãe reformou o banheiro de casa e estou atrás de uma bunda boa para testar a privada. Topa?"

(Do grande amigo Beto Rogoski.)

Postado por Nego Lee às 09:28

Follow @MegaZona

 Subscribe in a reader





terça-feira, março 14, 2006


Desenho passo a passo.

Postado por Nery Nader Jr às 17:50

Follow @MegaZona

 Subscribe in a reader






Postado por Nego Lee às 00:04

Follow @MegaZona

 Subscribe in a reader





segunda-feira, março 13, 2006


O Macaco Está Certo



José Simão vive dizendo que o Brasil é o país da piada pronta. Ele está corretíssimo. Olha só o nome de um buffet por quilo que tem perto de onde eu trabalho: Di Tarugo.

Sem comentários. : )

Postado por Nego Lee às 09:56

Follow @MegaZona

 Subscribe in a reader





sexta-feira, março 10, 2006


Poeminúsculo



A razão
O arrasou

Postado por Nery Nader Jr às 16:23

Follow @MegaZona

 Subscribe in a reader





Ser Humano



Ele: - Amor, você não vai acreditar no que eu fiz ontem! Acordei e tive uma idéia para acabar com a fome na humanidade, depois descobri a cura do câncer e uma vacina definitiva contra a malária, daí resolvi o problema da poluição atmosfera, então salvei uma mulher com os dois filhos pequenos de um prédio em chamas, em seguida fui a um asilo ler histórias para os velhinhos abandonados pelas famílias e terminei o dia servindo sopão para os sem-teto do centro da cidade. O que você me diz?

Ela: - Sua camisa está para fora da calça.

Ele: - O quê?!? Eu acabei de falar que ontem acordei e tive uma idéia para acabar com a fome na humanidade, depois descobri a cura do câncer e uma vacina definitiva contra a malária, daí resolvi o problema da poluição atmosfera, então salvei uma mulher com os dois filhos pequenos de um prédio em chamas, em seguida fui a um asilo ler histórias para os velhinhos abandonados pelas famílias, terminei o dia servindo sopão para os sem-teto do centro da cidade e tudo que você diz é que minha camisa está para fora da calça?!? Pronto, coloquei a camisa para dentro da calça, ó, ó! E agora, não tem mais nada para dizer?!?

Ela: - Tenho.

Ele: - O quê?

Ela: - O cinto não combina com a roupa.

(Pano rápido.)

Postado por Nego Lee às 00:02

Follow @MegaZona

 Subscribe in a reader





quinta-feira, março 09, 2006


Oração Do Dia

"Bebe! Pois não sabes de onde vieste, nem porquê. Bebe! Pois não sabes por onde vais, nem para onde." (Omar Khayyam)

Postado por Nego Lee às 00:05

Follow @MegaZona

 Subscribe in a reader





quarta-feira, março 08, 2006


Simpsons na vida real.

Postado por Nego Lee às 10:25

Follow @MegaZona

 Subscribe in a reader





terça-feira, março 07, 2006


Massa



Hoje de manhã, na Rádio CBN, eu ouvi o Dimenstein dizendo para o Heródoto que, segundo aqueles estudos/pesquisas que os Institutos Xispeteó Massachussetts Ohio da vida fazem, a classe média brasileira anualmente gasta mais com cigarros e até com cabelereiros (entenda-se, também, produtos para cabelos, serviços de estética e tratamentos de beleza em geral) do que com livros, jornais e revistas.

É, humanidade, estamos indo bem.

Postado por Nego Lee às 08:56

Follow @MegaZona

 Subscribe in a reader





segunda-feira, março 06, 2006


Rachel Weisz



Por mim, Oscar de Melhor Atriz, Cannes, Emmy, Grammy, Troféu Imprensa, casa, comida e roupa lavada.

Postado por Nego Lee às 10:18

Follow @MegaZona

 Subscribe in a reader





sexta-feira, março 03, 2006


Tarde Demais



É uma pena. Se eu tivesse descoberto esta excursão antes, mas nunca que eu ia de carro...

Roubei daqui.

Postado por Nery Nader Jr às 10:22

Follow @MegaZona

 Subscribe in a reader





Dos Outros

*****

Gordo Félodaquenga

Algum pulha, em um passado imemorial, lhe dá um livro do Jô Soares de presente. Aquela trolha fica na estante durante anos, amarelando, sem nunca ser aberta, até que um dia você vê que precisa de mais espaço para guardar livros que prestam e resolve juntar essa a outras tranqueiras para ver se consegue desconto em algum sebo. Você mostra pro dono do estabelecimento e, com desdém, ele fala: “Isso aqui não, tenho um monte lá no fundo e ninguém compra”. Você vai para outro sebo e o sujeito de lá diz: “Isso não vale nada, poderia servir em uma troca, por dois reais, mas eu já tenho outros”. Aí você pensa em doar para uma biblioteca, mas sua fé num futuro de melhores leitores o proíbe. No terceiro sebo, você muda a tática. Pega um livro e vai pagar. Na hora de sacar a carteira, tira o desgraçado da pasta e pergunta: “Olha, eu tenho esse livro, você pode me dar um desconto?”. A mulher, titubeante, diz que não interessa. Você aproveita o vacilo e implora: “Qualquer desconto serve”. Ela, sem convicção, topa. Você faz a transação rapidamente e muda de assunto: “Bonito sebo, é novo, né?”. Você ganha a rua com Berlim Alexanderplatz tendo custado dois reais a menos e a satisfação de ter livrado a sua casa de qualquer vestígio daquele gordo filho de uma puta.

*****

(Do Maldizência.)

Postado por Nego Lee às 10:06

Follow @MegaZona

 Subscribe in a reader





quinta-feira, março 02, 2006


Excerto Musical



Superman on a aeroplane/
Sitting next to Lois Lane/
You gotta that woman but you want her gone/
So you can fuck a teenage blonde

(Trecho da canção "Superman", dos Stereophonics)

Postado por Nery Nader Jr às 15:34

Follow @MegaZona

 Subscribe in a reader






Postado por Nego Lee às 11:21

Follow @MegaZona

 Subscribe in a reader





quarta-feira, março 01, 2006


Artigo meu no CCPR.

Postado por Nego Lee às 21:32

Follow @MegaZona

 Subscribe in a reader




O MegaZona É Um Blog Feito À Quatro Mãos Por Nego Lee & William Wilson E O Melhor Site De 2005 Segundo Fernanda Takai (Pato Fu)!

Nosso Arquivo: Março 2004 · Abril 2004 · Maio 2004 · Junho 2004 · Julho 2004 · Agosto 2004 · Setembro 2004 · Outubro 2004 · Novembro 2004 · Dezembro 2004 · Janeiro 2005 · Fevereiro 2005 · Março 2005 · Abril 2005 · Maio 2005 · Junho 2005 · Julho 2005 · Agosto 2005 · Setembro 2005 · Outubro 2005 · Novembro 2005 · Dezembro 2005 · Janeiro 2006 · Fevereiro 2006 · Março 2006 · Abril 2006 · Maio 2006 · Junho 2006 · Julho 2006 · Agosto 2006 · Setembro 2006 · Outubro 2006 · Novembro 2006 · Dezembro 2006 · Janeiro 2007 · Fevereiro 2007 · Março 2007 · Abril 2007 · Maio 2007 · Junho 2007 · Julho 2007 · Agosto 2007 · Setembro 2007 · Outubro 2007 · Novembro 2007 · Dezembro 2007 · Fevereiro 2008 · Março 2008 · Abril 2008 · Maio 2008 · Junho 2008 · Julho 2008 · Agosto 2008 · Setembro 2008 · Outubro 2008 · Novembro 2008 · Dezembro 2008 · Janeiro 2009 · Fevereiro 2009 · Março 2009 · Abril 2009 · Maio 2009 · Junho 2009 · Julho 2009 · Agosto 2009 · Setembro 2009 · Outubro 2009 · Novembro 2009 · Dezembro 2009 · Janeiro 2010 · Fevereiro 2010 · Março 2010 · Abril 2010 · Maio 2010 · Setembro 2010 · Dezembro 2010 · Abril 2011 · Maio 2011 · Junho 2011 · Julho 2011 · Agosto 2011 · Setembro 2011 · Outubro 2011 · Março 2012 · Junho 2012 · Julho 2012 · Agosto 2012 · Setembro 2012 · Outubro 2012 · Novembro 2012 · Dezembro 2012 · Janeiro 2013 · Fevereiro 2013 · Março 2013 · Abril 2013 · Fevereiro 2014 ·

Nosso Twitter: @MegaZona

Ou Siga-nos Individualmente:

Follow @NeryJr

Follow @negolee

Nossos Blogs Favoritos: Meditabundas · Blog Da Corporação Fantástica · Liga Dos Blogues Cinematográficos + 665 - O Vizinho Da Besta · Ação E Divagação · Além Do Ponto · Anna Maron · Batata Quente · Catarro Verde · Cláudio Bettega Em Cena · Copy & Paste · De Língua · Epílogo · Filmes Do Chico · Fundo Da Banheira · Ilha De Siris · Insanidade Total · Mau Humor · Meninas De 30 · Nêga Do Leite · No Passeio · O Carapuceiro · O Negativo Queimado · Pensar Enlouquece, Pense Nisso · Perolada · Sad Fucking Song · Salón Comedor · Tá, E Daí · Trash · TudoJuntoMesmo · Uma Dama Não Comenta · Vai Trabalhar, Vagabundo